Home / Produções Acadêmicas / Planejamento no contexto educacional cearense (2004-2006): limites e possibilidades

Planejamento no contexto educacional cearense (2004-2006): limites e possibilidades

Dissertação apresentada como requisito para  obtenção  do  título  de Mestre de Marisa Botão de Aquino.

Resumo

Esta pesquisa constitui-se de um estudo a respeito do planejamento escolar no contexto educacional cearense no período 2004-2006. A investigação direcionou-se para os instrumentais de planejamento utilizados pelas escolas públicas estaduais e sua relevância no processo educativo, tendo como questões centrais norteadoras: O planejamento pode ser um diferencial para alcançar uma melhoria na qualidade da escola pública? Como as práticas atuais de planejamento no Ceará têm interferido na rotina e nos resultados alcançados pela escola? Ao abordar estas questões, optou-se pela pesquisa empírica de caráter qualitativo. Trabalhamos com algumas categorias que foram abordadas de forma integrada, que são: planejamento participativo, função social da escola, projeto político pedagógico e planejamento estratégico e gerencial. O universo da pesquisa abrangeu quatro escolas públicas estaduais, situadas no município de Fortaleza e Maracanaú. Foram entrevistados vinte representantes das instâncias SEDUC, CREDE e Escola. Na coleta de informações também se aplicou observação direta e análise aos documentos: Projeto Político Pedagógico (2003-2004), Plano de Desenvolvimento da Escola (2003-2004), Gestão Integrada da Escola (2005-2007), Regimento Escolar e outros que se fizeram necessários ao conhecimento geral e local do contexto escolar. Partindo desta análise e das falas dos entrevistados, constatou-se que as iniciativas propostas pelo sistema macro no tocante ao planejamento, embora tenham melhor direcionado e organizado as ações no âmbito escolar, ainda não foram suficientes para garantir a efetiva melhoria nos resultados de aprendizagem apresentados pelas escolas investigadas.

Ver arquivo completo